Como diminuir a taxa de rejeição e abandono de carrinho da sua loja

  • by
carrinho abandonado

Para quem tem um e-commerce, sem dúvidas, um dos maiores vilões da conversão é o carrinho abandonado.

E, no Brasil, a média é ainda maior do que o resto do mundo. Enquanto lá fora cerca de 50% dos usuários desistem de uma compra, por aqui há uma média de 83% de abandono do carrinho, segundo levantamento realizado pela empresa, Ve Interactive.

Mas afinal, porque isso acontece?

Acompanhe o nosso post, conheça as principais falhas que podem contribuir para o problema e algumas ações que ajudam o consumidor a repensar e, finalmente, finalizar a compra.

Motivos que levam a um carrinho abandonado

A desistência pode acontecer no próprio carrinho de compras, durante o preenchimento dos dados de cadastro e no momento do pagamento.

São diversos os fatores envolvidos, e na maioria das vezes não são “motivos concretos”, mas empecilhos que podem fazer com que o consumidor apresente dificuldades em finalizar o processo de compra.

Confira alguns deles e saiba como reverter cada situação:

1) Experiência de compra

O visitante pode até selecionar alguns produtos de uma loja virtual e ter meios para adquiri-los, porém, caso ele fique perdido ou ache que o processo está muito trabalhoso, as chances de desistência são grandes.

Os motivos podem ser formulários longos demais, pop ups em excesso, informações confusas, botões pouco visíveis, entre outros detalhes que prejudiquem a usabilidade.

O indicado é analisar de forma constante as funcionalidades do seu e-commerce por meio de testes, como os A/B, que por meio de comparativos mostram os caminhos para diminuir o abandono do carrinho e aumentar a conversão.

Outra ação essencial é tornar o site responsivo, ou seja, que se adapte a desktop e mobile, com navegação simples e sem muitas distrações e menus e botões de chamada para a ação, ou check out, chamativos e bem visíveis.

Hoje existem ferramentas que te ajudam com a experiência de compra do seu site.

2) A loja não inspira confiança

Ao contrário de uma loja física, onde o consumidor escolhe o produto, paga por ele e, em seguida, leva para casa, em um e-commerce é necessária uma boa dose de confiança para que ele siga em frente até finalizar uma compra.

E, a falta dela, sem dúvidas, faz o efeito contrário.

Alguns erros que contribuem para que isso aconteça são os links quebrados, o design não responsivo, imagens e gráficos pobres, falta de dados e usabilidade confusa.

Reverter essa situação não é tão complicado como parece. Nesse caso, é possível investir em estratégias como os reviews de clientes, símbolos de verificação conhecidos, informações mais completas sobre a empresa e navegabilidade simples.

3) Informações escondidas

Quanto mais clareza se tiver em um e-commerce, melhor!

Isso porque dois fortes motivos para o carrinho abandonado são o preço do frete e as formas de pagamento oferecidas.

Se essas informações estiverem ocultas no decorrer da compra e só aparecerem quando o usuário estiver fazendo o check out, a probabilidade do cliente se sentir decepcionado e acabar desistindo é alta.

Por isso, o indicado é nunca deixar essas informações para o final do processo, mas sim exibi-las logo no início, apresentar mais de uma opção de envio, oferecer o máximo de alternativas de pagamento possível e um atendimento por meio de chat, por exemplo, para o caso de dúvidas durante a finalização.

4) Check out extenso

Para uma loja virtual, quanto mais informações sobre o cliente para comunicações futuras, melhor.

Porém, formulários de check out muito extensos podem fazer com que o consumidor fique com preguiça ou simplesmente não tenha tempo para preencher naquele momento e, por isso, acabe deixando o carrinho abandonado.

Nesse caso, é interessante rever o processo de finalização de compra e torná-lo o mais descomplicado possível. É interessante que o usuário saiba quais serão os passos necessários e não acabe irritado por precisar percorrer um longo caminho até conseguir adquirir um produto.

checkout

Um bom exemplo de checkout: rápido, simples e direto.

5) Falta de ações para o pós carrinho abandonado

Apesar de muitos empresários pensarem que um carrinho abandonado não tem volta, um relatório da VWO mostrou que 72% das desistências em um primeiro momento não estão totalmente perdidas. Ou seja, a chance de recuperar aquele cliente que demonstrou interesse pela sua loja é grande.

Porém, justamente por imaginarem o contrário, muitos e-commerces acabam não investindo em estratégias focadas em resgatar os usuários que abandonaram seus carrinhos.

Para resolver o problema, é indicado realizar uma análise em que conste o número de desistências, quantos usuários acabam voltando e convertendo em vendas e qual o período que em média demoraram para voltar.

Com esses dados, é possível planejar ações, como as de marketing digital, de acordo com cada tipo de situação.

6) Frete caro

Esse é um dos campeões dos carrinhos abandonados. Altas taxas de frete são responsáveis por grande parte das desistências de compra em um e-commerce. Logicamente, para alguns, oferecer frete grátis se torna inviável, porém o ideal é trabalhar com uma margem pequena de lucro em cima do serviço, caso haja interesse em ganhar uma margem.

Isso porque o lucro vindo do frete pode se tornar muito menor perto do que um potencial cliente pode consumir em seu e-commerce caso ele apresente taxas de envio convidativas.

7) Carrinho de compras difícil de encontrar

Quando citamos a usabilidade e a experiência de compra como fatores que, caso sejam pobres, contribuem para o abandono de carrinho, o próprio carrinho está envolvido no problema. Caso a informação fique pouco visível e o usuário não consiga encontrar o seu acesso, fatalmente poderá desistir.

Nesse caso, o indicado é sempre deixar o carrinho de compras o mais visível possível, com ícones claros e com recursos de design diferentes dos demais itens do site. O local ideal para sua localização é no canto direito da tela e, além disso, ele deve ser encontrado independentemente do local onde o consumidor navega.

Esses são apenas alguns dos fatores que contribuem para o carrinho abandonado em um e-commerce.

E, apesar disso, nunca deixar de acontecer, muitas vezes por motivos que não se pode controlar, sem dúvidas estratégias para reverter esses números podem ajudar para que ao menos eles diminuam e, com isso, sua loja virtual venda e fature mais.

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais sobre esse e outros assuntos que tragam soluções para o seu e-commerce? Então não deixe de seguir as nossas redes sociais!

eBook Introdução Ecommerce