15 táticas infalíveis para seu e-commerce vender mais

  • by
vendas e-commerce

Você tem uma loja virtual e, apesar de todos os esforços, os resultados no faturamento não estão de acordo com as expectativas? Então não deixe de acompanhar o nosso post! Vamos mostrar 15 táticas imbatíveis direcionadas a vendas de e-commerce.

Essas táticas são importantes pois, muitas vezes, pequenos (porém, essenciais) detalhes podem estar causando problemas como a redução no número de clientes, o abandono de carrinho e a insatisfação com o atendimento.

Por outro lado, o bom andamento de um comércio online depende de diversos fatores, os quais fazem com que os potenciais clientes se sintam seguros e tenham uma boa experiência de compra.

Tudo isso contribui para que a empresa se destaque em relação à concorrência e consiga encantar, manter e fidelizar clientes.

Táticas de vendas e-commerce

Conheça agora as 15 estratégias de vendas e-commerce e analise quais delas podem ser mais interessantes para a área de atuação do seu negócio:

1) AIDA

Essa técnica, que significa Atenção + Interesse + Desejo + Ação, é utilizada antes mesmo de o consumidor chegar à uma loja. Isso porque todos esses pontos merecem atenção no momento de criar uma estratégia de vendas e-commerce.

O primeiro deles, Atenção, pode ser conseguido por meio de conteúdos e anúncios em mídias online, como as redes sociais e o Google Adwords.

Para despertar o Interesse do usuário, é necessário mantê-lo curioso em receber mais informações da empresa. Nesse caso, vale investir em vitrines virtuais bem elaboradas e descrições detalhadas e criativas.

O terceiro ponto, Desejo, deve ser criado a partir da análise do público e quais os produtos podem ser mais interessantes para ele. A partir daí, esses são deixados em destaque.

Depois de despertar o Interesse do usuário por meio das técnicas de Desejo, é hora dele partir para a Ação.  Isso vai depender do orçamento do consumidor, mas também é possível que sua loja virtual ofereça vantagens e benefícios que tornem a compra irresistível.

vendas e-commerce

2) Navegação simplificada

A experiência de compra faz toda a diferença em relação ao sucesso de vendas em um e-commerce.

Portanto, ele deve oferecer uma navegação simples, em que não haja dificuldades no momento do consumidor ir para uma outra área do site ou encontrar mais informações sobre um produto, por exemplo. Uma dica é que todas as páginas estejam a no máximo três cliques da página principal.

3) Boas imagens

Como diz o ditado, “uma imagem vale mais do que mil palavras”.

E, em relação a vendas e-commerce, boas fotos são um dos pontos mais importantes para o seu sucesso. Já que o usuário não consegue tocar o produto e visualizar detalhes que considere importantes, as imagens devem mostrar todos os seus aspectos. Dessa forma, o consumidor se sentirá mais seguro em realizar uma compra.

4) Reviews

A opinião de outros consumidores conta, e muito, no momento de um potencial cliente se decidir por uma compra.

Por isso, não deixe de incluir em seu e-commerce a possibilidade de os seus clientes fazerem avaliações. Além da credibilidade, as reviews também ajudam no rankeamento de páginas em mecanismos de busca, como o Google.

aumentar vendas e-commerce

5) Descrições vendedoras

Tão importante quanto as imagens são as boas descrições. E, apesar de muitos ainda não darem a devida importância à conteúdos de qualidade, eles são uma das peças fundamentais para o aumento das taxas de conversão.

Além de contribuírem no processo de decisão de compra, o uso de algumas estratégias, como a inserção de palavras-chave e conteúdos personalizados, ajudam a melhorar o posicionamento de um e-commerce na internet.

6) Scarcity

Ter interesse em determinado produto e ver que há poucos disponíveis em estoque pode ser o gatilho ideal para que o consumidor se decida rapidamente pela compra.

E é disso que se trata o Scarcity, que pela tradução livre, significa escassez. Pelo uso dessa técnica de vendas e-commerce, o usuário é impelido a comprar “antes que acabe”.

7) Cross Selling

Se o objetivo é aumentar as vendas, por que não aproveitar o potencial cliente que está quase finalizando uma compra e oferecer novos produtos que possam agregar a ele? Isso pode ser feito por meio do Cross Selling.

Por exemplo, em uma loja virtual de moda feminina, a consumidora está interessada em um vestido. Nesse caso, podem ser exibidos calçados e bolsas que completem a produção.

8) Upselling

Essa é uma estratégia voltada para vender aqueles produtos que estão parados no estoque.

Nesse caso, quando o usuário faz o check out no site, é mostrado um produto de qualidade superior com um bom desconto.

O objetivo é fazer com que o usuário faça a troca, opte pelo produto indicado pela loja e ainda saia satisfeito com a compra. E, para o e-commerce, é uma forma de vender peças de valor maior.

9) Informações da empresa

Informar os dados da loja, como endereço, CNPJ e telefone, é obrigatório segundo a Lei do e-commerce.

Além disso, essa é uma maneira de mostrar que a empresa é séria e, no caso de necessidade, o consumidor tem formas de contatá-la.

10) Levar visitantes do topo de funil para o fundo

Muitas vezes, quando o usuário entra em um site, ele ainda não sabe exatamente a sua necessidade e, naquele momento, não tem o objetivo de efetuar uma compra. Porém, é possível transformar o visitante em lead, ou potencial cliente, por meio de algumas técnicas de vendas e commerce.

Uma delas é oferecer algo em troca, como uma consultoria gratuita ou um e-book, pedindo que o usuário preencha um formulário de contato, o qual será utilizado por sua empresa para levar a comunicação adiante.

11) Nutrir os leads

Uma das formas de manter os leads conectados com um e-commerce é por meio da nutrição por conteúdos de valor.

Isso pode ser feito via e-mails marketing, os quais não tenham como meta a venda, mas sim criar relacionamentos.

E, uma boa relação entre o consumidor e uma empresa acaba por gerar confiança, a qual, no momento certo, se transforma em venda.

12) Estar atento a problemas de SEO

Problemas relacionados ao Search Engine Optimization – SEO são mais comuns do que se imagina dentro dos e-commerces.

São URLs fracas, redirecionamentos incorretos, entre diversas outras situações.

Por isso, vale a pena dar atenção a essa ferramenta e, caso necessário, contar com profissionais e agências especializadas para ajudarem com estratégias de vendas e commerce.

vendas e commerce

13) E-mails para carrinhos abandonados

A taxa de abandono do carrinho é uma das que mais afeta a conversão.

Uma grande parte dos usuários que chega quase ao final da jornada de compras, acaba desistindo no último passo. Para esses, uma dica é enviar e-mails horas ou dias depois da desistência, para tentar convencê-lo a voltar. É possível até mesmo oferecer algum benefício, como cupons de desconto.

14) Influenciadores digitais

Influenciadores digitais são pessoas que já possuem uma audiência qualificada. E, uma tática para vendas  de e-commerce, é realizar parcerias com influenciadores que sejam do seu segmento.

E, se você acha que os investimentos são altos, fique sabendo que é possível realizar até mesmo permutas com os profissionais, os quais podem fazer estratégias de divulgação de sua empresa em troca de produtos ou serviços.

15) Invista no pós-venda

Você espera que aquele cliente que fez compras em sua loja virtual volte a fazer negócios, não é mesmo?

Para isso, é interessante fidelizá-lo. Isso pode ser feito no momento do pós-venda, por meio de ações que demonstrem a preocupação sobre a satisfação com o produto e outros cuidados.

Dessa forma, o consumidor se sentirá valorizado, provavelmente fará novas compras e ainda poderá indicar sua loja para conhecidos.

Essas são apenas algumas das inúmeras táticas de vendas e commerce.

E, como você pode imaginar, para que as estratégias sejam realmente satisfatórias, é essencial que sejam elaboradas por profissionais e agências especializadas.

Gostou do nosso artigo? Já conta com alguma das ferramentas citadas em sua loja virtual?

Quer saber mais sobre o assunto? Comente aqui!

eBook Introdução Ecommerce